O Globo – Metrô do Rio está mais lento, cheio e quente

May 3, 2011
By

MP afirma que Metrô não cumpre termos de ajuste de conduta

Publicada em 02/05/2011 às 22h08m

O Globo

RIO – Durante reunião extraordinária da Comissão de Transportes da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), na tarde desta segunda-feira, o Ministério Público afirmou que o Metrô Rio não estaria cumprindo os termos de ajustamento de conduta assinados entre a concessionária e o MP em 2010. Um laudo parcial da perícia técnica do documento, divulgado pelo promotor Leonardo Araújo Marques, mostra que houve aumento no tempo de intervalo entre as estações, que e os vagões têm temperaturas elevadas e que estão com excesso de passageiros.

O laudo foi apresentado na presença do presidente do Metrô Rio, José Gustavo de Souza Costa, que compareceu à comissão para esclarecer o episódio da agressão de seguranças a um passageiro, ocorrida em abril, em uma estação de Botafogo . O conselheiro da Agência Reguladora de Serviços Públicos Concedidos de Transporte (Agetransp), Herval de Barros, também esteve presenta na reunião para falar sobre a regulação dos serviços.

“Há um péssimo serviço. Isso cria uma tensão entre usuários e seguranças. Gera insatisfação porque o usuário perde a paciência”, disse o promotor Marques, em nota enviada pela Alerj.

Durante a reunião, o presidente do Metrô informou que há 800 câmeras monitorando as estações. Nos próximos dois anos, o número deve cheguar a 1.100, o que possibilitaria vistoriar toda a rede. Ele disse, ainda, que, até o fim de 2012, novos trens estarão em circulação. Além de afirmar, de acordo com a Alerj, que os banheiros não são construídos por questões de segurança, José Gustavo informou que em seis meses todas as estações estarão adaptadas para deficientes.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/rio/mat/2011/05/02/mp-afirma-que-metro-nao-cumpre-termos-de-ajuste-de-conduta-924372019.asp#ixzz1LIkSrrPD
© 1996 – 2011. Todos os direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*